Ir direto para menu de acessibilidade.
Brasil – Governo Federal | Acesso à informação
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

IFPA Campus Breves contribui com a criação da Política Estadual de Manejo Florestal Comunitário e Familiar

  • Publicado: Quinta, 28 de Junho de 2018, 10h14
  • Última atualização em Quinta, 28 de Junho de 2018, 10h14
  • Acessos: 117

O IFPA Campus Breves participou e contribuiu com a Audiência Pública destinada à criação da Política Estadual de Manejo Florestal Comunitário e Familiar (MFCF) do Pará. Sob a responsabilidade do Instituto de Desenvolvimento Florestal e da Biodiversidade (Ideflor-bio), a programação de dois dias contou com a presença de 40 participantes, entre os quais estavam lideranças comunitárias de Portel e das Unidades de Conservação do Marajó, além de representantes de instituições públicas, como a Emater e o próprio IFPA Campus Breves.

Durante os debates e análises sobre o texto proposto pela minuta, foram esclarecidas dúvidas e coletadas importantes contribuições. O IFPA Campus Breves aproveitou para ressaltar a oferta de futuros cursos, como o de Formação Inicial Continuada (FIC) em Maneja Florestal Comunitário e Familiar e o Técnico em Floresta Integrado ao Ensino Médio, que irão formar cidadãos cientes das questões tratadas na Política em construção e capacitados a exercer suas atividades de acordo com as boas práticas em Manejo Florestal Comunitário e Familiar.

A criação da MFCF do Pará atende às demandas dos povos, comunidades tradicionais e agricultores familiares e suas organizações que manejam os recursos florestais. O objetivo é contribuir com o respeito e o fortalecimento das realidades socioculturais e ambientais das comunidades, buscando garantir os direitos de inovação em seus modos geração de renda e fazer frente a grupos econômicos que exercem forte pressão sobre os recursos naturais. Esse cenário objetiva uma regulamentação que viabilize o desenvolvimento sustentável para o Estado do Pará.

O IFPA Campus Breves foi representado pelo Diretor Geral, Mário Médice, e a professora e engenheira florestal, Julia Moreau. A Audiência Pública ocorrida em Breves, nos dias 22 e 23 de junho, foi a segunda a ser realizada pelo Ideflor-bio. A primeira foi promovida em Santarém (19 e 20 de junho) e a próxima e última Audiência acontecerá em Belém, nos dias 28 e 29 de junho.

Com informações do Ideflor-bio: https://sites.google.com/view/pmfcf/home.

registrado em:
Fim do conteúdo da página