Ir direto para menu de acessibilidade.
Brasil – Governo Federal | Acesso à informação
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Estágio e Atuação Profissional são temas de programação

  • Publicado: Quinta, 17 de Maio de 2018, 13h17
  • Última atualização em Quinta, 17 de Maio de 2018, 13h17
  • Acessos: 128

Com o objetivo de promover a interação dos discentes com instituições públicas e privadas que atuam na região, o IFPA Campus Breves realiza até amanhã, 18, a III Semana de Incentivo ao Estágio e Atuação Profissional. A Programação consiste em um evento de extensão e oferece palestras, atividades práticas e workshop aos estudantes dos Cursos Técnicos em Agropecuária, Meio Ambiente e Saneamento.

“O evento busca mostrar aos alunos um pouco da realidade do mundo do trabalho e as oportunidades de estágio que existem na região. Muitos têm dúvidas se precisam fazer registro no CREA, curiosidade de saber qual o trabalho que as instituições e empresas realizam e se podem, por exemplo, assinar um projeto. Por meio das atividades práticas realizadas ao longo da Semana, queremos que eles aprendam mais sobre a profissão que escolheram”, destacou o Prof. Me. Julio Frare, idealizador e coordenador do evento.

Para o estudante Mateus Gomes, do terceiro semestre do Curso Técnico em Agropecuária, “a programação está ampliando a nossa visão em relação ao estágio, sobre as áreas que podemos atuar. É uma semana muito boa que nos incentiva bastante e nos ajuda a identificar quais as opções que temos. Essa aproximação com as empresas facilita nosso acesso ao trabalho e abre portas”, ressaltou.

Uma das instituições que contribui com a Semana é a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Pará (Emater). Presente desde a primeira edição, a organização realizou uma apresentação institucional e mostrou as principais políticas públicas de desenvolvimento rural sustentável, além de reforçar o potencial que a região possui. “A iniciativa é extremamente importante para esclarecer aos alunos os espaços que podem ocupar, proporcionando discussões sobre a profissão que estão abraçando. A cada ano trazemos novas abordagens, tentando mostrar a diferença que é atuar no Marajó”, explicou Alcir Borges, supervisor regional da Emater no Marajó.

A programação, que iniciou no dia 15, conta ainda com a participação da Agência de Defesa Agropecuária do Pará (Adepará), o Instituto de Desenvolvimento Florestal e da Biodiversidade do Pará (Ideflor-Bio) e das Secretarias de Obra, de Meio Ambiente, de Pesca e de Agricultura do Município de Breves, além da empresa AWI Frutas da Amazônia.

registrado em:
Fim do conteúdo da página